Trem Noturno para Lisboa

O filme é suíço-alemão, a história, adaptada do livro de Pascal Mercier. Apesar de alguns problemas de montagem, como o fato de todos os personagens falarem inglês, trata-se se uma história que desperta muitos aspectos interessantes, como o conhecimento de outra cultura, e a viagem interior.

Numa história que resgata momentos sórdidos da ditadura salazarista (com a terrível PIDE, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado, algo correspondente ao DOI-CODI durante a ditadura militar brasileira), o resgate do passado coletivo se mistura com o resgate do passado individual. Um professor que quer participar e reconstruir a vida do autor de um livro encontrado fortuitamente no bolso do casaco de uma moça que quase comete suicídio ao pular de uma ponte em Berna. Um trem que transforma, literalmente da noite para o dia, uma vida rotineira em uma busca apaixonada e sem scripts.

Sabe-se que uma viagem nunca pode ser solução para um problema, mas ela pode servir para descobrirmos mais sobre nós mesmos. O lirismo do novo momento de Raymund Gregorius (Jeremy Irons) se percebe pelo momento em que seus óculos pesados se quebram, e ele tem de trocá-los por outros que, apesar de mais leves, são incômodos de início.

O mais rico é que o raro exemplar do livro mudou a vida, não só da moça que intentara tirar a própria vida, mas do professor, e de outras pessoas, que por meio do resgate de partes dessa história, puderam fazer as pazes com antigos fantasmas, podendo assim dar uma nova razão para seguir em frente.

Nós, que sempre ouvimos e até mesmo repetimos sobre o poder transformador da leitura, podemos ver um claro exemplo nessa adaptação que, se peca no aspecto da montagem, não deixa de ser intrigante e poética. Num estilo bem ao cinema português, o fim é repentino, e misterioso. O que fará o professor? Continuará uma jornada ao sabor do “carpe diem”, em Portugal? Ou reinventará sua própria vida na Suíça? Não se sabe, mas certamente ele não poderá ficar inerte ao que viveu e descobriu naqueles dias.

Publicado por

Um comentário sobre “Trem Noturno para Lisboa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s